terça-feira, 1 de outubro de 2013


Capítulo 2

- Não estava na Espanha? O que veio fazer aqui David? 
- É... Sabe como é... Viajei o mundo... Conheci pessoas interessantes... E acabei aqui. - falou ele com desdenho a examinando.
- Você é mesmo um convencido!
- Quê isso Rebeca?... - riu-se -  Vai dizer que você não gosta?- aproximou-se colocando a mão no queixo dela. 
- Quer saber? Eu não vou mais perder o meu tempo! – exclamou  enquanto saía furiosa e ele ria em tom irônico.
Ainda era a mesma patricinha metida, pensou David. Mas sentia que algo nela havia mudado da garota que conhecera. 
Ao chegar a casa, Rebeca colocou sua mochila no chão, e sentou-se na cama. ”Não vou deixar aquele idiota estragar o meu dia!”. Pensou. O importante era escrever a carta. Mas, o que escrever? Nunca tinha escrito algo assim antes, como começar?
- “Olá sou sua admiradora secreta”, não, muito brega!...”Oi, seu amor diz olá”, credo!...Nossa como é difícil, não sei o que dizer!
No dia seguinte, no colégio,  Rebeca contou a suas amigas sobre seu problema com a carta:
- Que tal... “você é um gato, fica comigo?” – sugeriu Viviane.
- Não! Isso é muito atirado, tem que ser romântico. – respondeu Raquel.
- Ela vai parecer uma boba apaixonada!
- Pelo menos não vai dar uma de desesperada!
- Meu Deus! Assim vocês me deixam louca!  – riu Rebeca.
Nesse mesmo momento elas ouviram um grande barulho de vozes nos corredores. Uma multidão anunciava um novo aluno chegando.
- Viviane olha que gato! – anunciou Raquel surpresa olhando por entre as pessoas. 
- Oh não!...David! – disse Rebeca surpresa.
- O que? Você já conhece? - Raquel dirigiu-se a ela.
- Infelizmente sim. – completou.
Vendo Rebeca, David se aproximou:
- E ai Rebeca?
- Parece que me segue! - olhou-o irritada. 
- Não se ache tanto assim! – sorriu cinicamente. 
Viu-se logo cercado por um grupo de garotas que chegaram para cumprimentá-lo. E convidaram-se para mostrar o colégio a ele.
Na saída, Rebeca conversava com Raquel. Algo em seus olhos chamou a atenção de sua amiga.
- O que você tem Rebeca? Parece triste.
- É que... Eu não sei se é uma boa ideia escrever as cartas para o Pedro. Ele é tão popular, e eu... Ele nunca nem olhou pra mim, e se ele ficar desapontado quando souber quem sou eu?
- Amiga você é linda, inteligente e bondosa... Ele seria um idiota se não gostasse de você. Mas você nunca vai saber se não arriscar! 
Depois disso, Rebeca voltou para casa decidida a escrever a carta, e iria enviá-la no dia seguinte.

7 comentários:

  1. Olá passando para retribuir a visita e agradecer pelo comentário *-* Volte sempre viu!

    www.adolecentro.com/

    ResponderExcluir
  2. Como será q vai ficar a carta!
    Seguindo de volta!
    Bjs

    http://achadosdamila.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obg pelo comentario espero que acompanhe e que goste *_*

      Excluir
  3. Linda, estou seguindo, obrigada por comentar no meu blog... Sempre que atualizar, avise-me que eu venho ver!
    Bjs - Suzana Rosa
    www.rosachiclets.com.br
    Se tiver um tempinho, veja o blog do meu marido www.artigodeopiniao.com
    Siga-me no Instagram e Dujour: @rosachiclets

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obg pelo comentario
      pode dexa que eu passo por la
      bjs

      Excluir
  4. Sucesso na sua carreira de escritora! Continue escrevendo... Parabéns.

    Agnes (Guii)
    http://www.literaturaummundoparapoucos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. RACHEI NA HORA DO BREGA RSRSRS
    TÔ AMANDO

    ResponderExcluir