terça-feira, 3 de dezembro de 2013


Capitulo 45

Á noite, o baile já havia começado, Rebeca estava em seu quarto. De repente o telefone tocou. Era Raquel.
- Rebeca o baile está demais!
- É, vocês se divertindo... e eu com um pote de sorvete assistindo vida de inseto... – disse Rebeca desanimada.
- Rebeca você tem que vir! – falou sua amiga.
- Nem pensar Raquel! Não quero segurar vela pra vocês! – afirmou ela.
Ouviu alguém bater na janela da sacada. Abriu com rispidez.
- O que você quer? – perguntou ela com raiva se dirigindo a David.
Fechou a porta de vidro deixando-o para fora.
- Espera!... Eu tenho algo pra você! – ele falou batendo na porta com algo escondido na outra mão.
Ela abriu a janela e o encarou com uma sobrancelha levantada e os braços cruzados. Ele, então, mostrou a outra mão carregando um pequeno filhote de cachorro. Ele parecia meio sujo. Mas se via como era bonito com seu pelo amarelo.
- Mas que coisa fofa! – disse ela pegando o cachorrinho com as mãos, toda derretida – aonde o achou?
- Eu o achei no parque naquela noite, parecia abandonado – explicou ele.
- Ele é lindo! – falou ela admirada – como se chama?
- Slash! – respondeu ele.
- David! – repreendeu-o ela – isso é nome pra um filhotinho? – olhou nos pequenos olhos carentes do filhote.
- Melhor do que esses nomes afeminados que se dão pra cachorro! – defendeu-se ele.
- Cala boca! – ela falou rindo.
Ele se aproximou dela mais sério.
- Me perdoa Rebeca... – colocou as mãos a cabeça – eu não queria te magoar... É que... Eu nunca senti nada parecido por alguém... E eu não sei exatamente o que eu sinto por você...
- Eu entendo! – disse ela engolindo seu orgulho – eu... Fui precipitada! Eu sempre tive certeza dos meus sentimentos... E eu fiquei insegura...
Ele tentou beijá-la colocando a mão em seu rosto. Porém Slash latiu na mesma hora, assustando os dois.
- Slash! – gritou David lhe dando uma bronca. Enquanto Rebeca ria – Sei que esse não deve ser seu melhor dia dos namorados... – falou cabisbaixo.
- É perfeito! – ela lhe falou sorrindo.
Puxou-o pra perto e beijou-o. Um forte vento bateu na sacada. David mandou que ela fechasse os olhos. Ela sentiu algo envolver seu rosto. Quando abriu, David estava com uma máscara preta. E ela com uma branca cheia de pedras. Olhou-o surpresa.
- Ainda quer ir ao baile? – indagou-a sorrindo.
Ela não pôde evitar rir.
Enquanto isso, no baile, Raquel corria de um lado para o outro atendendo aos convidados. 
Nicole esperava atenta que Rebeca chegasse para saber quem era seu par de uma vez. De repente, David e Rebeca entraram no salão. Ela estava com um vestido parecido com o de uma camponesa. Ele apenas carregava a máscara no rosto.
Raquel feliz ao avistar os dois, correu até eles.
- Não acredito que vocês vieram!... Pelo visto fizeram as pazes! – vendo os dois abraçados.
- Você está linda Raquel! – disse Rebeca reparando em sua fantasia de princesa toda elaborada.
- É, eu sei! – Raquel respondeu rindo – e vocês quem são?
- Eu sou o bandido procurado! – respondeu David convencido.
- E eu sou a donzela em perigo! – afirmou Rebeca rindo – eu quero saber quem é seu parceiro misterioso amiga! – olhando para Pedro.
- Ele é só um amigo meu que está visitando a cidade... – disse ela disfarçando.
Nicole veio interrompendo a conversa. Rebeca pegando a jaqueta de David saiu rapidamente para a pista de dança para que ela não os visse.
- Sabe Raquel... Estou louca pra saber quem é o parceiro da Rebeca! – disse ela maliciosa – e por que ele é secreto!
- Secreto? – riu Raquel pra disfarçar – ela nem está aqui! Ficou em casa estudando, sabe como é! Ela não queria segurar vela agora que esta sem namorado.
- Sei... – Nicole se retirou desconfiada.
O baile estava lindo. Rebeca e David dançaram a noite inteira. Todos se perguntavam quem era aquele casal misterioso.
Nicole, então, aproveitando a confusão da festa juntou vários papéis, e colocou na urna que votaria o casal ganhador do baile de máscaras.
Depois, Raquel subiu ao palco para anunciar o ganhador.
- E agora... Quem será o casal vencedor? – exclamou ela para incitar a platéia.
Tirou o papel resultado da contagem. Uma expressão de surpresa dominou sua face.
- O bandido e a donzela... Em perigo! 
David e Rebeca ficaram sem reação.
Nicole subiu ao palco rapidamente e pegou o microfone.
- E não esqueça amiga! Os dois devem pela tradição, tirar as máscaras e revelar suas identidades! – falou cinicamente.

4 comentários:

  1. E agora? Suspense não vale! kkk
    ansiosa pelo proximo!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. nossa só quero ver o proximo capitulo hehe
    continue postando...
    beijos

    ResponderExcluir
  3. essa Nicole não tem jeito msm!
    estou amando a historia continua...
    bjs

    ResponderExcluir
  4. estou amando essa historia viciei nessa web hehe
    ansiosa pelo proximo capitulo!
    bjs

    ResponderExcluir