terça-feira, 4 de fevereiro de 2014


Capitulo 90

- O que quer agora Pamela? – David perguntou sem paciência ou interesse.
- Eu te garanto que vai te interessar muito! Por que não vem aqui na lanchonete? – convidou maléfica.
- Se for mais uma das suas brincadeiras... – ameaçou sério.
-... Claro que não! – sorriu consigo mesma – confia em mim! ...Vai valer a pena!
- Ta legal – ele aceitou relutante.
Rebeca e Raquel chegaram ao banheiro. Rebeca fechou a porta.
- Você vai me dizer agora o que está acontecendo! – ordenou preocupada.
- Como assim?...Não esta acontecendo nada! – Raquel disfarçou retocando o rímel.
- Você aceitou sair com o Tomas pra fazer ciúmes no Pedro, não é? – a acusou desconfiada.
- O que? Da onde você tirou isso? – riu falsamente.
- Eu sei que você odeia o Tomas, e nunca aceitaria sair com ele!
- Eu só o convidei pra não ficar sozinha só isso!
- Tem certeza? – a encarou – combinamos de não mantermos segredos entre nós duas! Se lembra?
- Sim... – Raquel baixou o olhar – eu to falando a verdade Rebeca!
Mesmo Rebeca desconfiando, decidiu acreditar em sua amiga.
Todos permaneciam na mesa esperando pelas duas, Viviane e Lucas, então, resolveram ver onde elas estavam. Deixando Pedro e Tomas sozinhos.
- O que está rolando entre você e a Raquel? – Pedro o encarou sério e diretamente.
- Você sabe... acho que eu não preciso te explicar, não é?...  – o outro exibiu um sorriso aberto e convencido – Acho que preciso! – bateu em suas costas rindo debochado.
- Não sabia que a Raquel era afim de você! – comentou curioso.
- Você sabe que ninguém resiste a mim! - o outro vangloriou-se.
- Olha aqui! Eu não quero que a iluda! – ameaçou sério.
- E o que te importa? Eu sei que você gosta da Rebeca! – exclamou Tomás.
- A Raquel é uma garota legal e é minha amiga, eu me preocupo com ela!
- É melhor não se meter entre a gente! – Tomás se irritou com as ameaças – a Raquel sabe o que faz!
De repente, Rebeca e Raquel chegaram e imediatamente estranharam os olhares fuzilantes um do outro.
- Tudo bem? – Raquel os encarou intrigada.
- Sim! – afirmaram em um tom frio os dois juntos.
Finalmente, Lucas e Viviane chegaram. Logo os pedidos.
David entrou rapidamente e caminhou em direção a Pâmela que estava próxima ao balcão.
- E então? – a indagou. Olhou então, para a direção que ela apontara.
Surpreendeu-se ao avistar Pedro sentado ao lado de Rebeca. Estavam bem próximos. E o olhar dele não saia do rosto dela. Não pode evitar o sentimento que cresceu dentro dele.
- Viu? Eu disse que eu estava certa! – Pâmela mostrou-se exuberante.
- Isso não quer dizer nada! – ele saiu do transe. Tentando manter a calma.
- Não é o que parece! - riu maliciosa. Olhando de lado.
David tentou se conter para não ir até lá. Mas também se viu incapaz de deixar o recinto.
- O que esse cara tá fazendo aqui? – Pedro olhou na direção de David. Todos olharam ao mesmo tempo.
Rebeca baixou o rosto instintivamente. Percebeu que estava com Pâmela. Sentiu o sangue ferver. Mas havia prometido esquecê-lo e não ia deixar isso afetá-la.
- Quer ir pra outro lugar Rebeca? – Viviane perguntou preocupada.
- Não!...Não vou dar esse gostinho pra ele! – ela respondeu fria.
Pedro sentiu raiva ao perceber os olhos de David sobre Rebeca incessantemente.
- Eu vou falar com esse idiota! – levantou-se bruscamente.
- Não, espera! – Rebeca chamou-o, porém ele não lhe deu ouvidos.
Todos da mesa ficaram alarmados olhando na mesma direção.
- Posso saber o que está fazendo aqui? – Pedro vociferou furioso – sabe que não tem mais nada com a Rebeca, deixa ela em paz!
- Eu não te devo explicação de nada! – David desviou o olhar desinteressado. O que deixou Pedro ainda mais alterado.
- Por favor, deixa isso pra lá! – Rebeca chegou esbaforida. Pegou no braço de Pedro para puxá-lo. David irou-se ao ver esse contato.
- Vejo que precisa dele pra te defender! – David comentou sarcástico dirigindo-se a ela.
- Eu não preciso de ninguém pra me defender! – ela gritou com raiva.
- Não? Mas parece que ele pensa que sim! – olhou para Pedro com repugnância. Aproximou-se dela – o que? Tá enganando ele também? – David exclamou de sobressalto.
Rebeca, então, pegando o copo de suco sobre o balcão jogou todo o conteúdo sobre ele. 

5 comentários:

  1. haha Adorei esse final!
    A historia ta otima, to amando todos os personagens!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Oiii..
    Primeira vez por aqui também. Acho que cheguei atrasada nesta novela não é mesmo?! rs..
    Espero acompanhar uma nova.

    Beijinhos, Lu ♥
    http://luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Adorei o capitulo, principalmente esse final, ele bem que mereceu!
    to amando a sua web, flor!
    Continua postando!
    bjs

    ResponderExcluir
  4. nossa to amando sua historia, ta muito boa a cada capitulo que eu leio tenho vontade de ler mais, parabens vc tem muito talento!
    bjs

    ResponderExcluir
  5. haha bem que ele mereceu, queria que tivesse sido nessa Pamela tbm!
    to adorando cada cap!
    beijos

    ResponderExcluir