quarta-feira, 9 de abril de 2014


Capitulo 133

Rebeca ainda encarava suas amigas com ansiedade.
- Olha, a Raquel... - tentou falar Viviane.
- Oi Rebeca! - Raquel entrou de repente interrompendo Viviane.
Correu abraçar Rebeca.
- Me perdoa... Por ter sido uma péssima amiga... - exclamou arrependida.
- Fico feliz por ter vindo! - Rebeca sorriu emocionada.
Todas correram abraçar-se.
- Vou sentir saudades! - falou Rebeca.
David foi até o presidio um pouco antes do show.
- Preciso falar com o Sergio Martins! - pediu ao guarda.
Depois, Sergio foi levado pelos guardas para a sala de visitas. Encontrou David.
- Filho! - arfou feliz.
Os dois sentaram-se na mesa de frente um para o outro.
- Como andam as coisas? - perguntou David.
- Bem, meu advogado avisou-me que poderia ter uma diminuição da pena por bom comportamento, mas eu recusei! Quero pagar pelo que fiz!
- Está mesmo certo disso? Serão muitos anos.
- Eu sei... Mas não teria minha consciência limpa se me permitissem sair mais cedo! - olhou fixo para o filho - só quero que saiba que o que faço é por você!
- Eu sei pai! - David afirmou firme.
- Bom, soube que hoje é um dia importante pra você! - Sergio sorriu.
- Sim, eu vou fazer meu primeiro show para um estádio com mais de vinte mil pessoas!
- Fico orgulhoso filho! Antes pensava que essa historia era uma idiotice... Mas agora vejo que estava enganado... Espero um dia ver um show seu!
Olharam-se por um instante. Ambos emocionados.
- Sabe... Mesmo com isso tudo... Parece que falta algo... - David disse com o olhar perdido.
- Aquela garota talvez? - seu pai o encarou - filho, eu vi como ela salvou sua vida, como ela se arriscou por você!
David abaixou os olhos.
- Tinha que ter visto como ela te defendeu no hospital! - seu pai continuou com tom admirado.
- Perai, a Rebeca esteve no hospital quando eu estava em coma? - David surpreendeu-se.
- Sim, ela não saiu de seu lado nem por um segundo! Devo dizer, que garota como essa não se acha facilmente! Não a deixe escapar!
David desviou o olhar ainda estático.
Rebeca estava despedindo-se de suas amigas.
- Não sabe como vamos sentir sua falta! - exclamou Julia.
- Eu também! - respondeu Rebeca.
Viviane, então, pediu para conversar com Rebeca. Foram um pouco afastadas das outras.
- Rebeca você tem certeza disso? - fixou-a com firmeza.

- Tenho! - falou com certo tremor na voz.
- Mas e o David? Ele sabe?
- Não... Ele tem um show hoje e eu não quero que ele saiba!
- Rebeca eu acho que você esta cometendo um erro! Você o ama!
- Sim, mas se ele me amasse ele teria vindo atrás e mim, no entanto... - respirou fundo - eu já me decidi! Vai ser melhor assim!
Rebeca, então voltou a sala. Slash veio a seu encontro. Ela o pegou.
- Vou morrer de saudade sabia? - olhou nos olhos do cachorro. Dirigiu-se a suas amigas - prometam que vão cuidar dele, ok?
Elas concordaram. Logo, abraçaram-se novamente. Rebeca pegando a mala, saiu acompanhada em direção ao táxi.
Enquanto isso, David estava no bastidores do show com sua banda. Sua entrada seria em uma hora. Porém, Sheyla percebeu ele calado o tempo todo.
- O que foi? - perguntou preocupada.
- Nada... - ele reanimou o olhar - é só o show - disfarçou.
- Vai dar tudo certo David!
De repente, observaram Pâmela vir até eles.
- E aí David? - sorriu-lhe vindo ao encontro.
- O que faz aqui? Como conseguiu entrar? - ele vociferou irritado.
- Eu fiquei tão angustiada quando soube do que aconteceu David, você podia ter morrido! - ela tentou tocá-lo. Ele desviou-se.
- Por sua causa! Eu já sei que foi você que me denunciou!
Pâmela lançou um olhar surpreso para Sheyla.
- Isso é mentira David! Eu nunca te denunciei! Eu... Disse ao delegado o seu segredo sim, mas era só pra que fosse comigo para Espanha, você sabe que não teria futuro aqui! Eu só fiz isso pensando em você! - Pâmela mentiu habilidosa.
- Claro!... E o que me diz de ter feito um acordo com a banda kings para que eles testemunhassem? - Sheyla a encarou - eu ouvi um boato de que vocês se falavam constantemente!
- Eles me ameaçaram! Tentaram me fazer me calar sobre o plano deles senão iriam contar o que eu disse ao delegado!... Eu só consegui escapar quando eu denunciei eles para policia!
- Ah corta essa Pâmela! - Sheyla desacreditou com raiva.
- Ah é? Pois olha quem eu trouxe! - apontou para porta, quando Ricardo entrou - eu pedi pra que ele desse uma segunda chance para vocês!... Viram? Eu só quero o melhor para a banda!
Ricardo cumprimentou David.
-Nossas primeiras impressões não foram muito boas... Mas li sobre o que aconteceu com o seu pai! Foi muito corajoso! - comentou Ricardo impressionado - vejo que tem caráter!
Pâmela sorriu consigo mesma.
Após, Pedro estava em seu quarto. Ouviu a porta. Ao abrir, percebeu surpreso, o rosto de Raquel.
- Raquel? - a encarou.
- Eu... Vim falar com você! - anunciou ela com um tom sério.
Raquel entrou cautelosa. Ele observava-a atento.
- Se veio aqui pra falar sobre o que aconteceu na festa eu...
- Não! - ela o interrompeu - não é sobre isso!
- Sobre o que é então? - ele a olhou inquieto. Colocou as mãos sobre a bolso.
- Eu... Só vim avisar... Que a Rebeca está saindo do país hoje!


Nenhum comentário:

Postar um comentário